Veja quanto ganha em média um Marido de Aluguel no Brasil

A profissão “marido de aluguel” é novidade para muitas pessoas, porém, ela nada mais é do que o velho e bom “quebra galho” ou o “faz tudo”. Sabe aquele profissional que entende um pouco de cada coisa, sabe consertar e está sempre disposto a resolver os problemas residenciais? Ele é chamado atualmente de marido de aluguel. Marketing Digital Para Marido De Aluguel

Essa profissão tem ganhado cada vez mais adeptos em todo o país, isso devido a grande necessidade de realizar pequenas manutenções, sem precisar chamar um profissional especializado. Quer saber mais sobre essa profissão e quanto ganha um marido de aluguel? Então confira este post até o final para descobrir.

banner marido de aluguel

O que é um marido de aluguel?

O nome “marido de aluguel” é dado aos profissionais que oferecem serviços de manutenção em diferentes áreas, como, por exemplo: hidráulica, elétrica, construção civil, entre outras. Esse profissional que tem como foco manutenções e serviços de instalações é chamado em muitos casos por mulheres solteiras, por isso, o nome marido de aluguel caiu como uma luva aos profissionais que fazem os reparos que são comumente realizados pelos maridos.

Hoje, esses profissionais são contratados em diversas situações, podendo ser para atender homens ou mulheres que precisam de algum serviço de reparo ou instalação. Uma das maiores vantagens de se contratar esse profissional é que o reparo ou instalação terá maior qualidade e o custo pela contratação é menor, se comparado ao que é cobrado por um profissional especializado. 5 Formas De Divulgar Serviços Pela Internet

Por exemplo, se você não sabe como instalar um chuveiro elétrico e não deseja contratar um eletricista, pois sabe que esse serviço poderá ficar mais caro devido a especialização do profissional, o marido de aluguel é uma boa solução.

Se a pia entupiu, um cano quebrou, a torneira está vazando, o interruptor não está acendendo, entre outros problemas que podem ocorrer em qualquer casa, contratar um marido de aluguel para realizar esses reparos é uma ótima opção.

Curso de marido de aluguel

A maioria dos profissionais que atuam como marido de aluguel entendem o básico de algumas coisas, como elétrica, hidráulica e construção civil. No entanto, os mais dedicados se aprofundam em diversas áreas para poder atender cada vez mais seus clientes em diferentes situações.

Devido a alta procura por esses profissionais, é comum encontrar cursos voltados para a formação do profissional “marido de aluguel”. No entanto, para atuar na área não é necessário ter certificado impresso e tudo mais, basta ter conhecimentos sobre manutenção e cursos relacionados à área de atuação.

Por isso, não há um público específico que pode atuar oferecendo esses serviços, pois qualquer pessoa pode aprender sobre manutenção, inclusive mulheres. O mais importante nessa área é diversificar seus conhecimentos sobre manutenção, pois assim você poderá realizar uma gama maior de serviços, podendo em alguns casos realizar vários serviços de reparo ou instalação em uma única casa.

dinheiro banner

Quanto ganha um marido de aluguel?

Os ganhos de um marido de aluguel dependem da forma como ele trabalha e dos serviços prestados. Por exemplo, se você atua com empresa aberta sendo um prestador de serviços, você ganhará referente às contratações que conseguir em um determinado período. Agora se você atua como CLT em uma empresa especializada em marido de aluguel, você provavelmente ganhará um salário mensal.

Em média, um marido de aluguel pode ganhar de R$ 1.000,00 à R$ 5.000,00, dependendo do serviço realizado e das condições gerais do trabalho. Não há um piso específico para a profissão, por isso, os valores apresentados são apenas estimativas considerando que os ganhos variam muito. Se você atuar como autônomo, quanto mais dedicado e empenhado em trabalhar você for, maiores serão os ganhos. Eletricista: Como Conseguir Clientes

Dicas para ser um marido de aluguel

Se você está pensando em ingressar nessa carreira, não deixe de conferir as dicas que preparamos especialmente para você!

1. Use sempre EPI

Muitos serviços de instalação ou manutenção exigem a utilização do EPI (Equipamentos de Proteção Individual), pois são considerados perigosos ao profissional. Ao utilizar os equipamentos de proteção você mostra para seus clientes que se preocupa com sua segurança, o que demonstra um certo cuidado com o seu trabalho.

Além é claro de ser extremamente importante. Trabalhar com segurança é fundamental para qualquer profissão, incluindo a de marido de aluguel. Então, não se esqueça dos equipamentos básicos para atuar nessa área: capacetes, luvas, calçado adequado, óculos de proteção, entre outros itens fundamentais para sua segurança.

2. Tenha ferramentas

Não há como fazer um bom trabalho sem as ferramentas certas. Embora algumas ferramentas sejam encontradas facilmente na casa das pessoas como alicate, martelo e chaves, é importante que você tenha suas próprias ferramentas, pois assim você não depende de utilizar as ferramentas da pessoa que te contratar.

Muitas situações do dia a dia do profissional podem ser improvisadas, mas com as ferramentas certas, você realizará um trabalho mais rápido e profissional, assim poderá atender outros clientes e lucrar ainda mais.

3. Aprenda cada vez mais

Atuar como marido de aluguel significa adquirir conhecimento constantemente. As coisas evoluem rapidamente, por isso, instalações e manutenções devem ser aperfeiçoadas de acordo com essa evolução. Quanto mais bem informado você for em sua área de atuação e mais conhecimento sobre o que você faz, melhores serão seus serviços. Como consequência, você terá sempre muitos clientes querendo contratar seus serviços.

4. Saiba administrar seu tempo

Um erro de muitos profissionais que atuam como autônomos é não saber administrar bem seu tempo de trabalho. É preciso definir horários de trabalho, atendimento e de descanso, é claro! Você como profissional precisa atender seus clientes e realizar os serviços em horários pré-determinados e reservar parte do dia para descansar, como qualquer profissional.

Nada de trabalhar pouquíssimas horas por dia ou então o dia todo, é preciso manter o equilíbrio para que você se dê bem nesta profissão.

5. Seja ético e profissional

Um trabalho bem feito também envolve ter um bom atendimento, sempre com educação, respeito, profissionalismo e ética. Como esse trabalho é realizado na maioria dos casos em residências, é importante mostrar profissionalismo e ética em seus serviços.

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais clientes para os seus serviços

Veja como eu consegui atrair mais de 100 clientes para um eletricista, apenas utilizando um site e aplicando estratégias simples de marketing digital e SEO Local. Qualquer um pode fazer!

Copyright 2019 © Todos os direitos reservados